H

H
Igreja de Santo António, Lagos - Edifício de estilo barroco, com a nave decorada com azulejos e talha dourada, a igreja deve ter sido construída no reinado de D. João V.

16 de fevereiro de 2011

D. Maria II e os seus maridos - D. Augusto de Leuchtenberg

Os planos de casamento de D. Maria II foram refeitos.
D. Pedro ainda planeou o casamento de D. Maria com o príncipe D. Augusto de Leuchtenberg e Santa Cruz.
D. Augusto nasceu a 9 de Dezembro de 1810 e era filho do general Eugénio de Beauharnais e de D. Augusta Amélia, princesa real da Baviera. Era irmão de D. Amélia de Beauharnais, segunda mulher de D. Pedro. Ou seja, D. Pedro planeou o casamento entre a sua filha e o seu cunhado.

D. Augusto de Leuchtenberg

O casamento de D. Maria II com D. Miguel, apenas assinado no papel, foi declarado nulo pelo Patriarca de Lisboa.
D. Maria e D. Augusto casaram, por procuração, no dia 1 de Dezembro de 1834 e, "por palavras de presente", na Sé de Lisboa, a 26 de Janeiro de 1835, um dia depois de chegar a Lisboa. D. Maria ia a caminho dos 16 anos.
Tudo parecia estar bem encaminhado para a felicidade, mas a história é assim...
Dois meses depois do casamento, 28 de Março de 1835, D. Augusto morreu vítima de angina maligna.
A vida continuava a não ser fácil para D. Maria II.

2 comentários:

  1. Podemos pesquisar, sobre a angina maligna.

    ResponderEliminar
  2. Um "verdadeiro anónimo" propõe esta pesquisa. O anónimo que esteja à vontade para fazer esse trabalho. Qualquer dia abrimos uma área especial dedicada à história da medicina (ou à história das doenças). Força! Que eu me lembre, a próxima epidemia será por volta de 1918. Qual será?

    ResponderEliminar