H

H
150 anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal (1867-2017)

13 de abril de 2013

As reais personagens da crise de 1383-1385 - D. Pedro I

Em 1383 já tinha morrido, mas teve vários filhos (de mais do que uma mulher) envolvidos nos acontecimentos. E do seu possível casamento com D. Inês de Castro se falou nas Cortes de Coimbra de 1385. 

D. Pedro I foi o 8.º rei de Portugal. Era filho de D. Afonso IV e de D. Beatriz de Castela.
Nasceu em 8 de Abril de 1320 e começou a reinar em Março de 1357.

Falar de D. Pedro significa ter de recordar a história de Pedro e Inês.
Em 1340, D. Pedro I casou-se com a princesa castelhana D. Constança . Uma das aias que acompanhava D. Constança era Inês de Castro, por quem D. Pedro se apaixonou.
Em 1348-1349, quando D. Constança morreu, D. Pedro assumiu mais abertamente o relacionamento com Inês de Castro. D. Afonso IV, em 1355, temendo a influência da família de Inês de Castro, mandou matá-la. D. Pedro não perdoou: depois de ser aclamado rei mandou matar os assassinos de Inês de Castro e, em 1360, anunciou que se tinham casado em segredo antes de 1355, querendo que ela fosse lembrada como rainha. Não existem documentos (provas) desse casamento.


Há uma lenda que conta que, depois de ser rei, D. Pedro teria feito desenterrar o corpo da amada, coroou-a como Rainha de Portugal e obrigou os nobres a procederem à cerimónia do beija-mão real ao cadáver. Se não o fizessem seriam condenados à morte.

Túmulos de D. Inês de Castro e de D. Pedro, no Mosteiro de Alcobaça
Do casamento com D. Constança, D. Pedro I teve 3 filhos: D. Luís (1344), D. Maria (1342-1367) e D. Fernando I (1345-1383).
Da relação com Inês de Castro, D. Pedro I teve 4 filhos: D. Afonso (1350-1365), D. João (1352?- 1397), D. Dinis (1353-1403) e D. Beatriz (1354-1381).
Da relação com D. Teresa Lourenço (uma dama galega), D. Pedro I teve um filho: D. João, Mestre de Avis (futuro rei D. João I) (1357-1433).

D. Pedro I morreu em 1367, sucedendo-lhe D. Fernando I. 

Sem comentários:

Enviar um comentário