H

H
A imagem faz parte de um livro publicado no ano de 1647, por J. Blaeu (um importante cartógrafo holandês), em que está desenhado um conjunto de mapas do nordeste brasileiro, então ocupado pelos holandeses, decorados com cenas da vida quotidiana. A cena que apresentamos representa uma fazenda brasileira produtora de açúcar, na zona de Pernambuco.

31 de outubro de 2013

O luxo na corte de D. João V

Em resposta à dúvida da Eunice (6.º I).

O que é viver com luxo?
Luxo é o que ultrapassa o necessário, é o viver com o que é de elevado preço (caro). E o rei gostava de mostrar a todos que era rico e poderoso.
Por isso tinha vários palácios decorados com objetos de grande valor - tapeçarias, quadros, esculturas, mobiliário de madeiras raras, loiças finas, etc. Fazia-se transportar em coches ricamente decorados com tecidos caros e talha dourada, dava grandes festas, organizava banquetes onde se servia uma enorme variedade de comida, o seu vestuário era o da moda francesa, tinha criados para tudo e mais alguma coisa (seriam às dezenas!), etc.

Dizer que o rei tinha o poder absoluto significa dizer que o rei tinha todos os poderes.
O rei governava como bem entendia, sem ouvir, sequer, os grupos sociais nas cortes. D. João V nunca reuniu cortes. Ele fazia ou mandava fazer as leis que entendia, governava da maneira que entendia. Por isso se diz que o regime era uma monarquia absoluta (o poder absoluto do rei).


2 comentários:

  1. como é que se põe coisas no «HISTORIANDO»

    ResponderEliminar
  2. espetáculo o video que pos no historiando
    marcio sanches do 5ªb nª12

    ResponderEliminar