H

H
Acendedor de candeeiros a gás, na Praça do Comércio. Lisboa passou a ter iluminação pública a gás no dia 30 de julho de 1848. Eram 26 candeeiros na zona da Baixa/Chiado. A iluminação elétrica na cidade só foi inaugurada em Outubro de 1878, quando o rei D. Luís ofereceu 6 candeeiros à Câmara Municipal.

24 de outubro de 2013

A Fossa das Marianas

Primeiro texto produzido por um aluno, este ano letivo.

A Fossa das Marianas é o local mais profundo dos oceanos, atingindo uma profundidade de 11.034 metros. Localiza-se no Oceano Pacífico, a leste das Ilhas Marianas.
A fossa é muito profunda porque se encontra numa zona de fronteira das placas tectónicas do Pacífico e das Filipinas.    

Localização da Fossa das Marianas no Oceano Pacífico
           
ponto mais profundo da fossa foi sondado pelos navios Challenger (1875) e Challenger II (1951), da Marinha Real Britânica. O local foi baptizado, então, de Challenger Deep.
Em 1960, um batiscafo (submarino pequeno para grandes profundidades) da Marinha dos Estados Unidos atingiu a Depressão Challenger a 23/1/1960. Não houve hipóteses de tirar fotografias por causa das janelas serem tão pequenas, do tamanho duma moeda, para o batiscafo resistir à pressão.



A 1985 o oceanógrafo Robert Ballard, utilizou um ROV e o seu mini submarino Alvin para fazer mais uma descoberta histórica em conjunto com o pesquisador Dedley Foster, em que provaram que há um incalculável número de espécimes vivos altamente desenvolvidos e adaptados à colossal pressão encontrada nestas profundidades. 


Texto de Miguel Mesmoudi (5.º B)


Sem comentários:

Enviar um comentário