H

H
Lisboa antes do terramoto de 1755 - gravura

15 de outubro de 2017

Um santo português em resultado do confronto com os holandeses

Hoje, 15 de outubro de 2017, na Cidade do Vaticano, o Papa Francisco canonizou um conjunto de 35 novos santos. Um desses santos era um padre português, chamado Ambrósio Francisco Ferro.

Este padre foi morto por tropas holandesas, em 1645, no nordeste do Brasil. Os holandeses eram maioritariamente protestantes (designação de um conjunto de religiões cristãs não católicas).


Batalha dos Guararapes (1648-1649), entre portugueses e holandeses,
pelo controle de boa parte do nordeste brasileiro. A vitória dos
portugueses marcou o fim da ocupação holandesa na área.
Segundo a notícia que li, «Ambrósio Francisco Ferro era vigário de Rio Grande e terá sido torturado e assassinado no chamado “massacre de Uruaçú”, onde outras vítimas também foram torturadas, nomeadamente cortando-lhes a língua para que não proferissem orações católicas.»

Em Portugal, já se tinha verificado a Restauração da Independência (1 de dezembro de 1640), mas as relações com a Holanda não estavam pacificadas, pois os holandeses ainda procuravam ganhar terras aos portugueses no Brasil.


Em baixo, o desenho de um desfile (procissão?) de nativos de uma aldeia da região do Rio Grande, levando a bandeira holandesa - 1647.



Sem comentários:

Enviar um comentário