H

H
150 anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal (1867-2017)

12 de junho de 2011

A oposição numa democracia como a nossa

Um parêntesis (   ) para vocês compreenderem melhor o funcionamento do regime em que vivemos.

Mesmo num regime democrático existe oposição.
Neste caso não será oposição ao regime, mas oposição ao Governo, por acharem que este não faz (tudo) o que devia.
Por exemplo, desde 2005 que o Partido Socialista tinha a maioria dos deputados, pois ganhou as eleições de 2005 e de 2009. O líder do PS, Eng. José Sócrates, era o chefe do Governo (1.º Ministro). Os outros partidos estavam na oposição.
Com os resultados das eleições do passado dia 5, o PSD e o CDS-PP deverão formar um governo conjunto, de forma a terem uma maioria absoluta de deputados que dê apoio ao governo.
Estes dois partidos deixam, portanto, de ser oposição para passarem a ser Governo. O PS deixa de ser Governo para passar a estar na oposição. CDU e BE eram e continuarão a ser oposição.


A vantagem na democracia é esta: pode-se escolher.
Podemos estar de acordo ou não com a escolha da maioria, mas isso...
Opiniões há muitas. E são livres, felizmente!

2 comentários:

  1. ' Podem encarcerar um rato ou um homem ... mas não podem encarcerar uma ideia. ' - Tommy C. Douglas (1904- 1986)

    ResponderEliminar
  2. Essa é uma grande verdade. Admiro muito quem, no período da ditadura, em condições tão difíceis, teve a coragem de resistir e de lutar por um mundo diferente.
    Mostrei o teu comentário na aula de hoje do 6.º 6. Pareceu-me que alguns apanharam bem o sentido das palavras.
    Um abraço

    ResponderEliminar