H

H
"Retrato do Marquês de Pombal", quadro de Louis Michel van Loo e de J. Vernet (que pintou o fundo, em que se vê o rio Tejo e o Mosteiro dos Jerónimos). Em primeiro plano, à direita, os planos de reconstrução da Baixa de Lisboa. Pintura datada de 1766

11 de outubro de 2016

Rotas dos escravos

A propósito da escravatura e do comércio de escravos, há algumas informações interessantes sobre as rotas dos escravos a partir da Guiné, de Angola e de Moçambique neste site.

Rotas dos escravos no espaço do Império Português


2 comentários:

  1. este mapa dá a entender que os escravos só partiam de e para territórios portugueses, e na realidade vemos milhões de pessoas de cor nos territórios de antigas colonias de outros países onde antes deles não existiam

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, este mapa restringe-se ao império português, não contempla o tráfico de escravos de (e para) outros países. Acrescentarei na legenda.

      Eliminar