H

H
150 anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal (1867-2017)

8 de dezembro de 2015

O terramoto, o maremoto e os incêndios - Lisboa 1755



«[Sabe-se que de manhã, entre as nove e meia e as dez horas] começou o território de Lisboa a tremer de sorte que dentro de pouco tempo se sentiu abalar a terra por vários modos. (…) alguns sete minutos durou o tremor de terra, o mais formidável que já viram os portugueses. A este se seguiram outros quatro, mais pequenos na duração, mas iguais na força. (…) Ao primeiro tremor de terra se seguiu imediatamente no mar uma extraordinária alteração e crescimento das águas (…) e em Lisboa saindo dos seus limites, e entrando pela terra dentro mais de cinco estádios, romperam as ondas algumas pontes, desfizeram muros, e arrojaram à praia madeiras de demarcada grandeza (…) mas ainda não se dava por satisfeita com estes castigos a ira de Deus que no mesmo dia afligiu com outro novo. (…) Foi esse um grandíssimo incêndio, que de repente se ateou em vários sítios da cidade (…) puderam as chamas discorrer livremente por várias partes, e consumir em quatro dias as riquezas de uma cidade, que era o Empório de toda a Europa.»

Padre António Pereira de Figueiredo (1725 - 1797) 
(citado em RAMOS, Rui (coord.), História de Portugal 


Sem comentários:

Enviar um comentário