H

H
Palácio de Queluz - Escadaria Robillion ou dos Leões

22 de outubro de 2015

Basílica de Mafra - a sagração foi há 285 anos

Quando do nascimento do seu primeiro filho - no caso, uma filha, a princesa D. Maria Bárbara - o rei D. João V mandou construir, em Mafra, um convento dedicado a Santo António, em cumprimento de uma promessa feita.
Entendia que esse nascimento, a 4 de dezembro de 1711, era uma graça divina e, "confortado" pelo ouro que ia chegando do Brasil em quantidades cada vez maiores, não se poupou a despesas.

E não foi um simples convento!... Foi um enorme conjunto de edifícios: um convento, um palácio real e uma basílica.
A mão de obra necessária foi contratada e... forçada.
A primeira pedra foi lançada em 1717 e a sagração ocorreu a 22 de outubro de 1730, dia do aniversário de D. João V.

Dizem que a festa da sagração demorou 24 horas e as outras festas feitas em Mafra estenderam-se por 7 dias, incluindo um banquete popular para 9 mil pessoas.
Mas as obras não estavam terminadas. Só no reinado de D. José foram concluídas.

Vamos voar sobre Mafra...




Sem comentários:

Enviar um comentário