H

H
A imagem faz parte de um livro publicado no ano de 1647, por J. Blaeu (um importante cartógrafo holandês), em que está desenhado um conjunto de mapas do nordeste brasileiro, então ocupado pelos holandeses, decorados com cenas da vida quotidiana. A cena que apresentamos representa uma fazenda brasileira produtora de açúcar, na zona de Pernambuco.

22 de outubro de 2015

A PIDE foi criada há 70 anos

Data menos festiva, a 22 de outubro de 1945 "nascia" a PIDE (Polícia Internacional de Defesa do Estado), nova designação da polícia política do Estado Novo - antes chamava-se PVDE (Polícia de Vigilância de Defesa do Estado).
A mudança de nome estará relacionada com o fim da II Guerra Mundial, com a vitória dos Aliados, e a vontade do chefe do Governo (António de Oliveira Salazar) em dar uma ideia de maior abertura (liberdade) política.

A(s) polícia(s) política(s) no período de governação salazarista concentraram as funções de prevenção e repressão de crimes políticos.
E pensar de forma crítica em relação ao poder era um crime político. Por isso, nesses anos (até ao 25 de abril de 1974) muitas pessoas que lutavam contra o regime foram presas.
A PIDE tinha dois poderes fundamentais sem controlo judicial: o poder de prender e os poderes de instrução judicial (de incriminar), recorrendo sistematicamente à força e à tortura.


A PIDE passou a chamar-se DGS (Direção Geral de Segurança), depois da substituição de Salazar pelo Prof. Marcelo Caetano.
E a DGS foi extinta pelo Decreto-Lei 171/74, do próprio dia da revolução: 25 de abril de 1974.


Sem comentários:

Enviar um comentário