H

H
Palácio de Queluz - Escadaria Robillion ou dos Leões

22 de novembro de 2015

Lisboa pombalina

O Marquês de Pombal e os planos de reconstrução da Lisboa pombalina

A Lisboa pombalina ou Baixa pombalina é a zona da cidade de Lisboa que resultou da reconstrução planeada após o terramoto de 1755.
O adjetivo "pombalina" vem do título do Secretário de Estado do rei D. José I, o Marquês de Pombal.
Foi sob a sua direção política que se planeou e iniciou a reconstrução dessa parte da cidade.

A vermelho, os limites da chamada Baixa pombalina

A Baixa foi a zona mais afetada pelo marmoto (tsunami), por estar mais próxima do rio, e pelo terramoto, por causa do tipo de terreno em que se encontrava construída.

Em tempos, havia duas ribeiras (a do Vale do Pereiro e a de Arroios) que corriam pela parte central da Baixa e iam desaguar no rio Tejo.
Com o tempo, deu-se o depósito de matérias que as águas transportavam - lodo, areia, calhaus, cascalho - aquilo que se chama um enchimento aluvionar.
Foi sobre esses terrenos aplanados resultantes do enchimento que se construiu parte da baixa da cidade.


Planta atual da Baixa, representando com cor azul
o espaço que seria das duas ribeiras.
Hoje, esses cursos de água estão encanados.
  
Não admira, assim, que fossem tantos os estragos do terramoto.


Sem comentários:

Enviar um comentário