H

H
Planisfério de Cantino (1502) - É o primeiro mapa (que se saiba) que tem representadas as linhas do Equador, dos dois Trópicos e do Círculo Polar Ártico

15 de maio de 2013

Revolução de 1383-1385 - cronologia base

Já apresentei uma cronologia detalhada sobre os acontecimentos da revolução.
Dessa cronologia selecionei os acontecimentos imprescindíveis para a compreensão dos conteúdos da ficha de avaliação, que me baixo se apresenta.
Não esquecer a Árvore genealógica já aqui apresentada.

1383
2 de abril - Assinatura do Tratado de Salvaterra, com o objetivo de consolidar a paz estabelecida com Castela. Foi combinado o casamento de D. Beatriz com D. João I, rei de Castela.
22 de outubro - Morte de D. Fernando.
D. Leonor Teles assumiu o cargo de regente de Portugal em nome de D. Beatriz e de D. João I de Castela.
D. Leonor Teles mandou aclamar D. Beatriz como rainha de Portugal.
Revoltas populares em Lisboa e noutras localidades contra a regente e contra a aclamação de D. Beatriz como rainha de Portugal. Outras localidades aceitaram a aclamação de D. Beatriz.
6 de dezembro – Um grupo comandado por D. João, Mestre de Avis assassinou João Fernandes Andeiro, principal conselheiro da rainha D. Leonor.
D. Leonor fugiu para Alenquer, depois para Santarém, de onde escreveu a D. João I de Castela pedindo-lhe ajuda.
dezembro - O Mestre de Avis foi escolhido, primeiro pelo povo-miúdo de Lisboa, depois pelos "homens-honrados" de Lisboa, para Regedor e Defensor do Reino.
Começou-se a preparar a defesa da cidade de Lisboa perante a ameaça de um ataque castelhano.
D. João I de Castela invadiu Portugal.
Muitos nobres foram manifestar o seu apoio ao rei de Castela.

1384
março - o rei de Castela veio com mais soldados preparar o cerco de Lisboa.
6 de abril - batalha de Atoleiros (Alentejo), com vitória das forças portuguesas comandadas por D. Nuno Álvares Pereira.
maio - o rei de Castela, à frente de alguns milhares de soldados, deu início ao cerco de Lisboa.
A população de Lisboa passava fome.
No acampamento dos castelhanos começaram a morrer soldados com peste.
3 de setembro - Estando D. Beatriz também em perigo com a peste, o rei de Castela decidiu levantar o cerco.
Foi decidido reunir cortes em Coimbra com representantes da nobreza, clero e povo (“os concelhos que por Portugal mantinham voz”).

1385
abril - Cortes de Coimbra
6 de abril - D. João, Mestre de Avis foi escolhido para rei nas Cortes – D. João I.
D. Nuno Álvares Pereira foi elevado à função de Condestável ("chefe" do exército).
29 de maio – Forças portuguesas derrotaram o exército castelhano na batalha de Trancoso.
D. João I de Castela invadiu Portugal.
14 de agosto – Batalha de Aljubarrota, onde o exército de D. João I de Portugal venceu D. João I de Castela.
outubro - D. Nuno Álvares Pereira venceu os castelhanos na batalha de Valverde.

Sem comentários:

Enviar um comentário