H

H
Planisfério de Cantino (1502) - É o primeiro mapa (que se saiba) que tem representadas as linhas do Equador, dos dois Trópicos e do Círculo Polar Ártico

25 de maio de 2010

Trabalhos a galope!

Aproxima-se o fim do ano, a passos largos (demasiado largos!).

Os meninos mais atinados avançam na redacção dos trabalhos de grupo.

Nas aulas, é a construção da sociedade democrática, pós-25 de Abril.

Dia 25 de Abril - O Momento
Estas são imagens reais, não são do filme.
O Brigadeiro mandou disparar, os seus homens não obedeceram.

Prof.

18 de maio de 2010

6.º 6 - Trabalhos a fazer

A NÃO ESQUECER!!!
Trabalhos de casa:
Grupo da Adália, Francielly, Luena e Patrícia: continuar a redigir o texto sobre os acontecimentos do dia 1 de Fevereiro de 1908.


Grupo da Ana Soraia, Joana, Miguel e Verónica - sublinhar os acontecimentos de 4 de Outubro que fizeram a família real fugir para o estrangeiro e a descrição da própria fuga.


Grupo da Larissa, Raquel e Vitória - vou enviar-vos o texto via mail, para poderem adiantar o trabalho que começaram hoje.

Prof.

Aulas/Trabalho - Ter ou não ter sentido de responsabilidade

Na aula de hoje da turma 6.º 6, havia quem tivesse levado os textos para trabalhar, havia quem não tivesse...

Quem tinha os textos trabalhava os textos...
Quem não tinha os textos fazia os exercícios do manual...
Difícil?
DIFÍCIL!
Para quem trabalhar em grupo é... brincar!

Prof.

15 de maio de 2010

Dia Internacional dos Museus - 28.º Aniversário do Ecomuseu Municipal do Seixal

Dia 18 é o Dia Internacional dos Museus.
No Ecomuseu Municipal do Seixal, que faz então 28 anos, as celebrações iniciam-se no Moinho de Maré de Corroios, com actividades hoje à tarde e abertura excepcional até à 1.00 h da manhã
O programa nocturno inclui desfile dos Tocá Rufar e concerto de Sérgio Godinho, referência incontornável da música popular portuguesa.
Amanhã, Domingo, a acção é centrada em ateliês no Núcleo Naval do Ecomuseu (Arrentela) e no passeio no Tejo subordinado ao tema «Histórias de Vida a Bordo de Um Varino», destinado a propiciar o diálogo com convidados com interessantes percursos pessoais e profissionais.

Mais informações nas notícias do Ecomuseu, em http://www2.cm-seixal.pt/pls/decomuseu/ecom_clipp_home




Fotos do Moinho de Maré de Corroios e do Baía do Seixal

Convençam os vossos pais e aproveitem o fim-de-semana participando nestas actividades.
Bom fim-de-semana
Prof.

13 de maio de 2010

1.ª República - A instabilidade política

Como devem saber - se não sabem, nesta altura, já é grave! - a 1.ª República foi um período de grande instabilidade política, agravada, sobretudo, pela participação de Portugal na I Guerra Mundial.
Os manuais escolares referem, regra geral, 45 governos entre 5 de Outubro de 1910 e 28 de Maio de 1926.
A constante mudança de governos era gozada nos jornais humorísticos.
A República dançando ao som da música tocada pelos políticos,
simbolizando a rapidez (a ligeireza) com que os governos se sucediam

Estive a rever a matéria e contei mais. Só no ano de 1915 contei 8 governos! João Pinheiro Chagas, por exemplo, foi Chefe do Governo de 15 a 17 de Maio desse ano - ao terceiro dia estava de saída!
No total, contabilizei 51 governos, 36 deles depois da decisão de Portugal entrar na guerra (Fevereiro/Março de 1916).
Eram governos a mais! Não admira que as pessoas se cansassem de tanta instabilidade, a qual não ajudava nada à resolução dos problemas do país.
Não admira, portanto, o sucesso do golpe militar de 28 de Maio de 1926, que pôs fim à 1.ª República.

Prof.

12 de maio de 2010

Ficha de Avaliação - Conteúdos, conceitos e objectivos

Os alunos do 6.º 6 e/ou 6.º 8 interessados, que passem pelo blogue, poderão ver os conteúdos, os conceitos que devem dominar e os objectivos da próxima ficha de avaliação se clicarem em:

http://docs.google.com/Doc?docid=0ARQYeJKFRaCiZGR2aHZnNm1fMjMzNm16OG4zZ3g&hl=en

Prof.

A educação na 1.ª República

Sala de aula (1911)


Em 1910, a taxa de analfabetismo da população portuguesa era de 75%. O número de escolas primárias era relativamente reduzido e o número de alunos que frequentava os liceus (o actual ensino secundário) era, apenas de 8691.

Prof.

Há quem dê corda aos sapatinhos


Há quem dê corda aos sapatinhos... e até os ponha acima da cabeça!!!

O grupo da Vitória tem andado a trabalhar bem sobre a educação na 1.ª República. Faltam aqui a Larissa e a Raquel (fica para outra mensagem, um dia destes).

Prof.

10 de maio de 2010

Caricatura

No início do século XX era muito comum a imprensa humorística e a publicação de caricaturas.
A actividade política era um constante motivo dessas caricaturas.
Surgiram, então, muitos desenhadores e caricaturistas. De tal forma que, em 1911, se formou o Grupo de Humoristas Portugueses, que organizava exposições regulares dos seus trabalhos.

A caricatura da última mensagem é da autoria de Stuart carvalhais, um dos mais importantes caricaturistas, e foi publicada no jornal O Zé, em Maio de 1911.
Observa bem o desenho.
Qual será o seu significado?

Prof.

9 de maio de 2010

A República sublinhada

Os grupos – excepção feita aos atrasados – devem estar agora entretidos a sublinhar a informação pertinente para os seus trabalhos, segundo as indicações dadas nas aulas.


Vamos a despachar!

Prof.

Prof. António Borges Coelho

Às vezes parece-nos que os miúdos estão longe e não estão a apanhar as coisas. E às vezes surpreendem-nos.

A propósito da repressão no Estado Novo, e porque tinha lido há dias uma pequena auto-biografia do Prof. António Borges Coelho (no Jornal de Letras), contei na aula que ele tinha sido preso depois de ter sido denunciado por um camarada do seu partido (PCP) que era um elemento da PIDE infiltrado.
O Prof. Borges Coelho foi meu professor na Faculdade e, quando dos 25 anos do 25 de Abril (1999), esteve na Paulo da Gama, a meu convite, para participar numa sessão sobre esse aniversário com os alunos do 9.º 2 e 9.º 4 (que saudades dessas turmas!).
Poucos dias depois, a Raquel (6.º 8) veio dizer-me que o Prof. Borges Coelho também era conhecido da sua mãe. Contara-lhe em casa o que tínhamos falado na aula e agora trazia aquela novidade.
Pensava lá eu que algum dos miúdos, sem que o tivéssemos escrito, fixasse o nome do Professor!...

Prof. Borges Coelho no uso da palavra durante o debate
sobre o 25 de Abril, na EB 2/3 Paulo da Gama - Abril de 1999

Prof.

Portugal nas Trincheiras – Visita à exposição

Ainda em Abril, houve oportunidade de visitar a exposição Porugal nas trincheiras com os dois grupos que estão a tratar o tema da participação de Portugal na 1.ª Guerra Mundial.


Prof.